top of page
  • Foto do escritorNatacha Teixeira

Plantas Tóxicas: Proibir ou Reconhecer?

Muitas plantas podem oferecer riscos para a saúde do seu pet, mas será mesmo que devemos erradicar a presença delas nas nossas casas?


Pesquisas apontam que durante a pandemia de COVID-19 as vendas de plantas e flores aumentaram em 2020, já que as pessoas passaram mais tempo em casa e descobriram a jardinagem como um hobby. O hábito da jardinagem é algo extremamente positivo para as pessoas, colaborando com o aumento do bem-estar físico e emocional das mesmas, e sendo um grande aliado para a manutenção da saúde mental durante a pandemia. Considerando esse cenário e a popularidade que muitas espécies de plantas tóxicas têm, é praticamente impossível proibir tutores de pet de terem esses exemplares em casa.

Sabendo disso, é necessário aumentar a difusão de informação confiável e fidedigna acerca do assunto. A coexistência de plantas tóxicas e animais de estimação é possível, desde que as plantas estejam fora do alcance dos animais e que haja vigilância do tutor. O conhecimento das principais espécies de plantas tóxicas, assim como saber identificar sinais de intoxicação em pets é primordial.


Além disso, é de suma importância não tentar manobras ou receitas caseiras para tentar corrigir quadros de intoxicação, e sempre consultar seu médico veterinário de confiança ao se deparar com sinais de intoxicação. Se for possível, é interessante levar fotos da planta ou até mesmo a própria planta em questão para auxiliar o médico veterinário na escolha de um tratamento eficaz.


Escrito por Natacha Teixeira.

Comentarios


bottom of page