top of page
  • Foto do escritorLarissa Santos

Dicas: o jeito mais seguro de organizar as plantas em casa

Por que se desfazer quando podemos reorganizar? Essa pode ser a dúvida de muitos tutores de pets que também são apaixonados por jardinagem, mas também se preocupam com os perigos de intoxicação que certas plantas podem representar para seus companheiros peludos. Mas não se desespere, no texto de hoje vamos trazer algumas dicas de como organizar as plantas em casa, de um jeito seguro para os animaizinhos de estimação, sem comprometer a beleza do seu jardim.


Para garantir uma organização segura das plantas, o primeiro passo é observar e avaliar o comportamento do seu pet. Pense em como ele interage com o ambiente: ele adora escalar lugares altos? Quais áreas da casa ele frequenta mais? Quais são os comportamentos diários que podem representar riscos? Essa análise é importante, pois vai orientar onde e como você pode posicionar suas plantas, sendo a prioridade a segurança do seu amigo de quatro patas.



Então vamos começar com as dicas, primeiro aproveite o ambiente que você tem disponível para posicionar as plantas, a utilização das paredes como base, é uma solução criativa que vem ganhando destaque nos últimos tempos, pois além de deixar o local bonito também economiza grande parte da área do solo.

Assim, como estratégia você pode utilizar suportes

de parede para os vasos de plantas, eles conseguem deixar as flores em lugares mais altos de forma a diminuir o acesso do pet a esses objetos. Outro tipo de suporte suspenso é o chamado macramê, um objeto artesanal, feito com cordas, fios e cordões que formam nós e dão origem a diversos itens decorativos, ele pode ser posicionado de diversas formas, gerando uma gama de possibilidades, deixando o ambiente elegante e simples.  


Ainda utilizando as paredes, outra organização que vem ganhando destaque são os jardins verticais, ele pode ser construído utilizando paletes, painéis ou até mesmo prateleiras, deixando o ambiente com uma ar bem dinâmico e despojado, além de seguir a mesma linha dos vasos suspensos, que é a de dificultar o acesso dos cães e gatos a essas áreas. O mesmo se aplica às estantes e janelas, que podem ser utilizadas como apoio para os vasos de plantas, tanto na área interna quanto externa, isso pode funcionar para evitar o acesso de cães, porém é importante ter cuidado, principalmente em casos de gatos, que costumam escalar móveis e alguns lugares mais altos, por isso a importância de observar e conhecer o comportamento do seu animalzinho, para evitar a exposição aos riscos.


Além disso, você pode criar um ambiente especial, reservado para as plantas, onde elas fiquem concentradas, isso funciona bem principalmente para jardins pequenos, possibilitando que seja uma zona customizada, mas é importante que seja em um espaço no qual o pet não tenha acesso, como quintais alternativos ou outros ambientes que você tenha certeza que o animal não frequente, assim você consegue controlar e evitar que o animal tenha contato com as platinhas, mas essa estratégia exige bastante atenção para restringir o acesso.


Se você tiver alguma pergunta ou sugestão para futuros artigos, sinta-se à vontade para compartilhá-la conosco. Adoraríamos ouvir sua opinião e atender às suas necessidades. Até o próximo post!


Escrito por: Larissa Silva Santos


Referências





Comments


bottom of page